Criatividade, comunicação e pensamento analítico são algumas das habilidades comportamentais que profissionais precisam ter no radar

De acordo com o estudo The Future of Jobs, do Fórum Econômico Mundial, dentro de cinco anos, mais de um terço das habilidades necessárias atualmente já terão mudado.

Com as inovações tecnológicas surgindo em ritmo acelerado, a maioria dos trabalhadores em breve compartilhará seu ambiente de trabalho com bots e sistemas de inteligência artificial. Mas então, como se manter atualizado e relevante no mercado? O primeiro passo é, sem dúvida, criar um compromisso com o aprendizado contínuo. Mas para além das habilidades técnicas, chamadas no mercado de hard skills, o futuro do trabalho exigirá profissionais com habilidades sociais, também conhecidas como soft skills. Afinal, entre tanta automação, sairão na frente aqueles que tiverem tato com pessoas.

Mas quais traços comportamentais você deve ter no radar para se tornar um profissional em TI requisitado no futuro? Abaixo, listamos 10 deles.

Criatividade

Os trabalhadores do futuro precisarão ser criativos para desenvolver novos produtos, formas de trabalhar e soluções tecnológicas que beneficiem as organizações. Até o momento, os robôs não são capazes de competir com os seres humanos quando se fala em criatividade, portanto, para garantir que você não seja substituído por máquinas no futuro, invista agora nessa competência.

Inteligência emocional

A capacidade de entender, controlar e expressar emoções, bem como compreender as emoções dos outros, está relacionada à inteligência emocional. Para desenvolvê-la, é importante ter empatia, ética e capacidade de trabalhar em grupo. Uma máquina não pode substituir a habilidade que um ser humano tem de se conectar com o outro.

Pensamento analítico

Um profissional com pensamento crítico pode sugerir soluções e ideias inovadoras, além de resolver problemas complexos usando o raciocínio e a lógica, deixando as emoções de lado. Segundo a Forbes, as pessoas com forte pensamento analítico serão necessárias para atuar na divisão de trabalho humano/ máquina.

Mentalidade de crescimento

Qualquer pessoa no mercado de trabalho do futuro precisará aprender e crescer de forma ativa. Os profissionais com mentalidade de crescimento entendem que as suas habilidades podem ser desenvolvidas e sabe que o seu esforço trará mais resultados. Esses trabalhadores enfrentam desafios, aprendem com os erros e buscam ativamente novos conhecimentos.

 Tomada de decisão

A tomada de decisão se tornará cada vez mais complexa. Embora os dados e as máquinas sejam capazes de processar informações que seriam impossíveis para os humanos, em última análise, uma pessoa precisará tomar a decisão final, reconhecendo as suas implicações. Conforme a tecnologia assume tarefas mais simples, os seres humanos ficarão responsáveis por decisões de grande impacto.

Comunicação

A capacidade de trocar informações será uma habilidade crucial durante a 4ª Revolução Industrial. Isso significa que as pessoas devem aprimorar a sua capacidade de se comunicar efetivamente, para que as suas mensagens sejam transmitidas da forma mais clara possível.

Colaboração

Trabalhar bem em equipe e/ou trabalhar bem com os profissionais da área de negócios é fundamental para o sucesso de projetos em tecnologia. Muitas das falhas em projetos se dão porque profissionais têm dificuldade em trabalhar conjuntamente. Essas habilidades provavelmente se tornarão ainda mais importantes, já que um número crescente de funcionários de TI está trabalhando diretamente com os executivos das companhias.

Liderança

As características comuns relacionadas à liderança, como inspirar e ajudar os outros a se tornarem profissionais melhores, serão fundamentais para o mercado de trabalho do futuro. Apesar da previsão ser de que os quadros organizacionais sofrerão alterações nos próximos anos, as pessoas assumirão papéis de liderança nas equipes de projeto ou trabalharão com outros funcionários para resolver problemas e criar soluções.

Diversidade e inteligência cultural

Com o ambiente de trabalho se tornando cada vez mais diverso, é imprescindível que as pessoas desenvolvam a capacidade de compreender, respeitar e trabalhar com os outros, independentemente das diferenças de raça, cultura, língua, idade, sexo, orientação sexual, crenças políticas ou religiosas. Compreender e se adaptar a outras realidades não apenas melhorará a interação dentro das empresas, mas também tornará os produtos e serviços mais bem-sucedidos.

Adaptação

Com a grande velocidade de mudanças no ambiente de trabalho, as pessoas terão que ser ágeis e capazes de se adaptar às transformações. Uma competência essencial durante a Quarta Revolução Industrial será a capacidade de entender as mudanças não como um fardo, mas como uma oportunidade para crescer e inovar.

Fonte: CIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui