Profissionais do meio digital vem ganhando destaque entre funções fundamentais no mercado de trabalho do futuro

Thiago Pereira destaca o Analista de Dados como uma das profissões de valor no mercado digital

O cinema migrou para as telas de casa, os aplicativos abriram um novo mercado de transporte de passageiros, as agências de viagem estão perdendo lugar para sites de compras de hotéis e de passagens aéreas e rodoviárias… e o que mais pode acontecer nos próximos anos? Trata-se de uma possível e inevitável reconfiguração do mercado de trabalho, já que, cada vez mais, uma nova geração de profissionais vem ocupando cargos que antes nem existiam. Mesmo que algumas profissões tradicionais devam continuar em alta, é importante que uma nova percepção seja construída sobre as novas profissões do futuro, seja para quem vai começar uma carreira, seja para quem deseja mudar de atuação.

No meio digital, as transformações são ainda maiores e mais velozes. O curso Cresça com o Google, desenvolvido pela mega companhia no mês de novembro, na cidade do Rio de Janeiro ,já apontou alterações nas funções que irão ser fundamentais, necessárias e valorizadas na próxima década.

Pleno.News acompanha esta mutação no meio digital e traz uma lista de algumas das prováveis profissões para o futuro bem mais que próximo.

  • Aquisição e retenção de consumidores

Adquirir clientes é atrair novos clientes. E reter significa manter aqueles que possam continuar consumindo, o que é mais barato para a empresa do que fazer ações de aquisição. Mas ambas são valiosas.

  • Gerente de comunidades digitais

Desenvolve uma comunidade específica que esteja relacionada à empresa. É criar estratégias para que aconteça um senso de coletividade. A função ainda não é tão conhecida no Brasil, mas é forte tendência para o futuro.

  • Analista de dados

Coleta, compila, analisa e interpreta dados que podem ser usados ​​para promover projetos, investimentos, negócios de uma empresa, seja visando lucros ou objetivos diversos.

  • Gerente de SEO

Responsável pelo aumento de audiência de uma página, usando ações na arquitetura de navegação, no conteúdo, nos links etc. Acompanha com relatórios que analisam processos e orientam posicionamento das informações nos mecanismos de busca.

  • Gerente de SEM

Trata-se do Search Engine Marketing (SEM), que visa promover visibilidade de um site nas páginas de respostas dos grandes buscadores. O gerente de SEM cria, administra o tráfego no site da empresa por meio de compra de palavras chaves, por exemplo.

  • Redator de Conteúdo

Aquele que escreve para a internet, usando variados formatos. Seja para blogs, portais e redes sociais, todo o conteúdo é elaborado pelo redator web.

  • Analista de User Experience

Realiza mapeamento de jornadas, criação de personas, pesquisas e entrevistas com usuários. Trabalha com fluxos de navegação e testes de usabilidade com foco na experiência do usuário.

  • Desenvolvedor Gráfico e de Mídia

Elabora projetos, seja para impressão, seja para internet. Cria peças e formatos diferentes do tradicional.

  • Gerente de Projetos

Elabora as rotinas dos projetos e o planejamento de cada etapa. Define metas e objetivos e as metodologias a serem utilizadas.

  • Gerente de garantia de qualidade e teste

Cuida do gerenciamento de todos os processos de garantia da qualidade. Administra a atualização, estabelecendo o cumprimento de políticas e de procedimentos, fortalecendo indicadores de qualidade e desenvolvimento de ações preventivas e corretivas.

  • Mídia online

Planeja estratégias para elaboração e divulgação de campanhas publicitárias, ações de marketing. Sugere em que mídias será veiculado, faz a programação das inserções, avalia custos.

  • Gerente de e-commerce

Atua no processo de vendas online, na elaboração de relatórios, na análise de dados, no monitoramento da concorrência, na supervisão dos fornecedores e no cumprimento de metas

Para Thiago Pereira, que trabalha como analista de sistema sênior, dentre a lista de profissões do futuro, ele destaca o Analista de Dados, uma profissão que precisa ser levada em consideração por quem está se preparando para entrar no mercado de trabalho e para aqueles que pretendem mudar de área.

– As empresas estão levando cada vez mais em consideração as informações que seus clientes deixam enquanto navegam, compram ou até mesmo quando só visitam algum produto. Empresas que tenham profissionais preparados para coletar, compilar esses dados, analisar e conseguir extrair informação relevante, indubitavelmente, a colocará a frente das concorrentes. O profissional preparado terá portas abertas e muitos desafios a sua frente, alerta Thiago, que é bacharel em Ciência da Computação.

E com um novo ano começando, profissionais posicionados ou relocados devem sempre ter em mente que o mercado, acima de tudo, espera não apenas conhecimento. Os requisitos fundamentais para as novas atuações incluem atitude, empreendedorismo, adaptabilidade e otimismo. Em plena virada para 2020, é inteligente considerar que o mundo vive uma era de vendas. Aliás, totalmente diferenciada dos paradigmas de vendas de décadas passadas. Todas as ferramentas e estratégias usadas para alcance de metas de mercado da atualidade estão sendo criadas e renovadas. E quem tem consciência destas mudanças e está preparado para elas será um profissional mais requisitado e, certamente, mais valorizado.

Fonte: Pleno News

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui