Plataforma APTO garantiu a continuidade das aulas gratuitas no modo virtual

Nem mesmo a pandemia do novo Coronavírus (Covid-19) impediu a Fundação Paulo Feitoza (FPF Tech) capacitar aproximadamente 70 alunos nos cursos de Informática Básica e Programador Web do Projeto Centro de Treinamento em Informática (CTI).

Durante a quarentena imposta pela pandemia, as aulas presenciais nos CTI’s foram paralisadas. Contudo, a FPF especializada em inovação tecnológica, rapidamente desenvolveu ferramentas para que os alunos prosseguissem as aulas com as turmas na modalidade virtual, através da plataforma APTO, criada pela Fundação especialmente para atender aos seus alunos, durante o período de isolamento social.

Com a volta das aulas presenciais, algumas medidas de segurança foram tomadas, tais como, a adoção dos protocolos de segurança sugeridos pela Organização Mundial de Saúde (OMS), a aferição de temperatura dos alunos antes das aulas e a redução da quantidade de alunos nas turmas do curso.

Mesmo assim, apesar de todas as barreiras e dificuldades, a FPF Tech mais uma vez cumpre a sua missão e, neste sábado (14), às 9h00, realiza o evento de formatura de 69 alunos do Projeto CTI, sendo 33 formandos do curso de Programador Web e 36 do curso de Informática Básica, das turmas do 1º semestre de 2020 dos CTI’s dos bairros de Aparecida, Santa Etelvina e Zumbi.

Foto: Divulgação/FPF Tech

O evento acontecerá no refeitório da sede da FPF Tech, localizada na Avenida Governador Danilo de Matos Areosa, nº 1170, Distrito Industrial, Manaus (AM).

Segundo Edirleide Alves de Lima, assistente social do Projeto CTI, conseguir formar pessoas nos cursos gratuitos do Projeto CTI, mesmo com as dificuldades da pandemia, é uma grande vitória, por isso a importância da cerimônia, que seguirá todos os protocolos de segurança necessários e sugeridos pela OMS. “Vale ressaltar que o evento contará com um número limitado de pessoas, pois sempre respeitamos e seguimos as recomendações da OMS, sendo assim, todos os presentes usarão máscaras, respeitarão o distanciamento social e terão álcool em gel à disposição para higienizarem as mãos”, ressaltou.

Já Luis Braga, diretor executivo da FPF Tech, por sua vez, ressalta a importância do projeto ao entregar para o empresariado capacitação profissional de qualidade, focada na preparação das pessoas para o mercado de trabalho.

“O Projeto CTI é extremamente relevante para nossa região porque nossos cursos fazem a diferença na vida das pessoas, proporcionando capacitação profissional de qualidade e entregando profissionais prontos para ingressarem no mercado de trabalho, até mesmo porque, em nossa região, temos muito mais vagas disponíveis do que mão de obra capacitada na área da Informática, que está aquecida e em alta nos últimos tempos. E o projeto acaba se tornando uma ferramenta muito importante para a comunidade da cidade de Manaus e, acima de tudo, para as pessoas beneficiadas pelos nossos cursos”, Braga finalizou.

Sobre o Projeto CTI

O Projeto CTI existe graças à parceria da FPF Tech com empresas do Polo Industrial de Manaus (PIM), que patrocinam dois centros de treinamento. Por esse motivo, todos os cursos de capacitação profissional ofertados pelo projeto são gratuitos.

Ao longo dos 22 anos de atuação da FPF Tech, o Centro de Treinamento em Informática capacitou mais de 23 mil de alunos, de todas as idades e, principalmente, jovens de baixa renda, que buscam capacitação profissional, qualificação para o mercado de trabalho ou, até mesmo, encontrar meios de se obter uma renda extra, através de trabalhos na modalidade freelance.

Os pré-requisitos básicos para se candidatar para as próximas turmas podem ser conferidos no site do projeto CTI (http://www.fpftech.com/capacitacao-tecnologica/).

Para informações adicionais, entre em contato pelo telefone (92) 2123-9728, do WhatsApp: (92) 98123-9923 ou do e-mail: projetocti@fpftech.com.

Sobre a FPF Tech

A FPF Tech é um Instituto de Ciência e Tecnologia sem fins lucrativos, focado na pesquisa e no desenvolvimento de serviços, soluções inovadoras e cases de sucesso nos núcleos estratégicos de Capacitação Tecnológica, Design Digital e Usabilidade, Dispositivos Móveis, Pesquisa e Inovação Tecnológica, Saúde e Medicina do Trabalho, Sistemas Eletrônicos, Soluções Industriais, Tecnologias Assistivas, Verificação e Validação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui