Os executivos responsáveis pelas áreas de tecnologia da informação socorreram o mundo dos negócios em 2020. À medida que a Covid-19 se espalhava rapidamente, eles entraram em ação, lançando recursos para que milhares de profissionais pudessem trabalhar de qualquer lugar. Eles também lançaram novos canais online e móveis para atender os clientes, preparando os sistemas de TI para a explosão do comércio eletrônico que se seguiu. E fizeram tudo isso na velocidade da luz, ao mesmo tempo que reforçavam os planos para manter os funcionários e as empresas protegidos contra ataques cibernéticos.

As bases que tornaram possível esse esforço histórico e hercúleo já estavam sendo lançadas por líderes de tecnologia visionários antes do início da crise sanitária. A pandemia acelerou drasticamente seus esforços de transformação digital, que engloba tudo, desde computação em nuvem até automação orientada a software e inteligência artificial, comprimindo anos de mudança em questão de semanas ou meses. Agora que os CEOs e investidores viram o que os tecnólogos podem oferecer quando desafiados, o ritmo da mudança será acelerado para sempre. As companhias de sucesso do futuro serão aquelas que se moverem mais rápido hoje no campo digital.

É por isso que os CIOs vão desempenhar um papel ainda mais estratégico no C-Level. A nova edição anual da lista da Forbes destaca 50 CIOs – ou líderes com títulos equivalentes – que estão liderando o caminho para moldar o futuro. Com base em pesquisas qualitativas e em informações de executivos que responderam às chamadas para inscrições, a nova edição também tem a contribuição de um grupo de especialistas do setor, incluindo acadêmicos, consultores, recrutadores e ex-CIOs. Os escolhidos trabalham para empresas sediadas na América do Norte ou listadas nos mercados da região, e todos eles ocupam seus cargos atuais há, pelo menos, um ano.

O resultado é uma lista – e não um ranking. Procuramos destacar como a função do CIO evoluiu de seu foco tradicional de servir outras funções corporativas para um que enfatiza a ampla inovação e colaboração. Os líderes de tecnologia estão usando dados e inteligência de máquina para ajudar a identificar novas oportunidades de negócios e, em seguida, cocriar produtos e serviços com seus colegas da liderança.

Os executivos da lista vêm de diversos setores, embora predominem os mundos da tecnologia e das finanças. Esses setores estão há muito tempo na vanguarda da inovação e investem pesadamente em tecnologias avançadas, mas a combinação provavelmente mudará com o tempo, à medida que mais e mais empresas percebem que é justamente aí que pode estar agora a chave para o sucesso. Mais de um terço dos executivos da lista é formada por mulheres e muitos são negros. Ainda há um longo caminho a percorrer para melhorar a diversidade na área de tecnologia, mas esses líderes talentosos já estão servindo como modelos para as gerações futuras. Eles e os outros eleitos não estão apenas transformando as empresas, mas também o futuro da economia global.

Veja, a seguir, quem são os 50 CIOs escolhidos na lista de 2021 da Forbes:

Miriam Aguirre

Posição: CTO

Companhia: Skillz

No final do ano passado, a empresa de e-sports Skillz abriu capital na Bolsa de Valores de Nova York por meio de um SPAC e agora possui uma capitalização de mercado de cerca de US$ 7,4 bilhões. Miriam Aguirre definiu uma estratégia inovadora de tecnologia que proporcionou avanços em tudo, desde a combinação de jogadores com base em habilidades até a prevenção de fraudes, além de ajudar a hospedar mais de 2 bilhões de competições em 2020. Formada no MIT, Miriam está focada em construir uma equipe de tecnologia diversificada e a Skillz prometeu, publicamente, entrevistar pelo menos uma mulher qualificada para cada função executiva atualmente em aberto.

Rob Alexander

Posição: CIO

Companhia: Capital One

A Capital One fez uso de softwares para se transformar em um gigante financeiro que gerou US$ 28,5 bilhões em receitas no ano passado. Rob Alexander, seu CIO desde 2007 e ex-oficial da Força Aérea dos EUA, está usando computação em nuvem e estratégias de desenvolvimento ágil para ajudar a empresa a navegar pela pandemia e expandir ainda mais seus negócios. Ele também a transformou em uma potência de IA que possui mais de 500 patentes mundiais em tecnologia e já solicitou muitas mais. Sua abordagem de tecnologia inovadora transformou a Capital One em um campo de treinamento para executivos que se tornarão líderes em outras empresas.

Bhavani Amirthalingam

Posição: CIO

Companhia: Ameren

Bhavani Amirthalingam, que atua no conselho do Saint Louis Ballet em seu tempo livre, coreografou uma estratégia de tecnologia ousada para a empresa de energia Ameren, que atende 2,4 milhões de pessoas em Missouri e Illinois, e teve um lucro líquido de US$ 871 milhões no ano passado. Entre suas realizações na empresa está o desenvolvimento de uma rede de banda larga com alta conectividade e agilidade para dar suporte à rede elétrica do futuro, o reforço da segurança cibernética em torno dos equipamentos e sistemas da companhia e a criação de novos serviços online que geraram mais de três quartos dos contatos com clientes por meio de canais digitais em 2020.

Chris Bedi

Posição: CIO

Companhia: ServiceNow

A ServiceNow permite que quase 7.000 clientes corporativos automatizem todos os tipos de fluxos de trabalho usando seus softwares. Chris Bedi aproveitou essa experiência internamente com bots baseados em IA e sistemas de inteligência preditiva para apoiar sua força de trabalho durante a pandemia. Sua principal prioridade, porém, é ajudar a empresa, cujas receitas atingiram US$ 4,5 bilhões no ano passado, a crescer conectando-se com outros CIOs que conduzem projetos de transformação digital. Posições anteriores na KPMG e na Verisign lhe deram uma ampla abertura em vários setores.

Amy Farrow

Posição: CIO

Companhia: Lyft

No início de sua carreira, Amy Farrow trabalhou na Salesforce, onde viu os desafios de escalar uma startup baseada em código em primeira mão. Um deles é fazer com que novos engenheiros de software entrem em operação rapidamente. À medida que a empresa de compartilhamento de caronas Lyft crescia, a CIO percebeu que o negócio com sede em São Francisco, que gerou US$ 2,4 bilhões em receita em 2020, carecia de uma maneira consistente de integrar talentos de TI. Então, sua equipe de aprendizado de tecnologia criou uma abordagem baseada em desafios que faz com que os novatos concluam determinadas tarefas. Os novos contratados ficaram entusiasmados com o programa de integração, que ficou totalmente online durante a pandemia.

Prakash Kota

Posição: CIO

Companhia: Autodesk

Grande parte da tecnologia que os funcionários usam no trabalho é mais pesada do que os aplicativos e outros serviços que eles usam em suas vidas pessoais. Prakash Kota pretende mudar essa equação na Autodesk, que viu a receita aumentar 16%, para US$ 3,8 bilhões, em seu último ano fiscal. Ele criou um serviço chamado “Employee Hub” que usa aprendizado de máquina para fornecer aos funcionários da empresa de software de design recomendações no estilo Netflix, de forma que os aplicativos realizem suas tarefas de maneira mais eficiente, com base no que foi aprendido com os padrões de uso anteriores. O hub também usa bots de software para resolver muitas consultas de TI sem a necessidade de intervenção humana.

Suresh Kumar

Posição: Global CTO e Chief Development Officer

Companhia: Walmart

A equipe de Suresh Kumar de mais de 16.000 tecnólogos impulsiona as operações online da gigante do varejo e de cerca de 11.500 lojas em 26 países. Desde que ingressou na companhia, em 2019, o ex-IBM e Amazon supervisionou uma série de iniciativas usando tecnologia de ponta, de um aplicativo de realidade aumentada que ajuda os funcionários a retirar mercadorias do armazenamento e colocá-las nas prateleiras mais rapidamente a um sistema de aprendizado de máquina que economizou dezenas de milhões de dólares ao otimizar o momento e os descontos de produtos. Uma de suas principais metas para 2021 é criar experiências de comércio social ainda mais atraentes para os clientes da empresa, que registrou US$ 559 bilhões em receita em seu último ano fiscal.

James McGlennon

Posição: CIO

Companhia: Liberty Mutual

Uma das marcas dos líderes de tecnologia da próxima geração é que eles ajudam as organizações a identificarem novas oportunidades de receita. Na Liberty Mutual, James McGlennon não apenas fez isso, como transformou a oportunidade em um negócio independente. Em 2013, sua equipe criou um novo assistente digital para compartilhar mensagens e informações internamente que foi um grande sucesso entre os funcionários. O CIO da seguradora continuou a investir em seu desenvolvimento e, em 2017, a Liberty Mutual lançou uma startup própria, a Workgrid Software, para vender o aplicativo e outras tecnologias relacionadas ao local de trabalho para o mundo.

Mike McNamara

Posição: CIO

Companhia: Target

A equipe de tecnologia da Target ajudou a varejista a navegar com sucesso apesar do impacto da pandemia ao apoiar a expansão de locais de coleta sem contato, serviços de entrega em domicílio no mesmo dia e outras iniciativas. Sua receita aumentou US$ 15 bilhões em 2020 – mais do que o crescimento experimentado nos 11 anos anteriores combinados. Desde que ingressou na companhia, em 2015, Mike McNamara lançou as bases estratégicas que tornaram possível a rápida mudança, estabelecendo equipes multifuncionais que espalham a experiência em tecnologia por todo o negócio e trazendo mais recursos de desenvolvimento de software internamente. Para destacar a inovação interna, McNamara criou Demo Days trimestrais em que a equipe de TI mostra a outros funcionários da Target no que estão trabalhando.

Brad Peterson

Posição: CIO e CTO

Companhia: Nasdaq

Brad Peterson gosta de tocar blues com sua gaita na banda corporativa da Nasdaq. Ele também sabe como ajustar algoritmos, e já colaborou com outras áreas da empresa para lançar, em 2019, um sistema de IA que ajuda a detectar atividades comerciais irregulares – e potencialmente maliciosas. A equipe de Peterson, que tem uma equipe com mais de 2.000 pessoas – quase metade da força de trabalho da Nasdaq -, agora está trabalhando em uma estratégia que permitirá que todos os 28 mercados financeiros em que opera migrem para a nuvem.

Penelope Prett

Posição: CIO

Companhia: Accenture

Como consultora, Penelope Prett atuou a serviço de muitos líderes de tecnologia. Mas, agora, ela está colocando seus conselhos em prática como CIO da Accenture, que gerou US$ 44 bilhões em receita em seu ano fiscal de 2020. Penelope mudou quase todos os mais de 1.500 aplicativos da empresa para a nuvem pública para tornar a operação mais ágil e está ajudando a aplicar outras tecnologias de ponta. Um exemplo: ao desenvolver algoritmos e outros aplicativos para melhorar as previsões financeiras nas 400 unidades operacionais da Accenture, sua equipe ajudou a reduzir em um quinto a necessidade de recursos para a liquidez operacional.

Sri Shivananda

Posição: CTO

Companhia: PayPal

Em 2015, Sri Shivananda estava ocupado separando os sistemas de TI do PayPal dos do eBay enquanto as duas empresas concluíam sua separação em negócios distintos de capital aberto. Desde que se tornou CTO do PayPal no ano seguinte, ele criou uma infraestrutura de tecnologia altamente escalável que processou US$ 936 bilhões em pagamentos em 2020 e oferece suporte a 380 milhões de contas ativas, contra 162 milhões na época do desmembramento. A pedra angular de tudo isso é uma estratégia de nuvem híbrida que ele colocou em prática para apoiar o crescimento futuro da empresa.

Michael Smith

Posição: CIO

Companhia: The Estée Lauder Companies

A equipe de Michael Smith trabalha em estreita colaboração com o grupo de P&D da empresa de beleza avaliada em US$ 114 bilhões para criar processos e produtos, bem como com a equipe de fabricação para ajudar a trazer inteligência de máquina e outras tecnologias avançadas para suas plantas. Smith também defendeu a criação de uma força de trabalho de tecnologia mais diversificada, tanto na Estée Lauder (que aparece regularmente na lista da Forbes dos melhores empregadores para mulheres na América), quanto fora da empresa. No ano passado, ele juntou forças com alguns outros CIOs para lançar o TechPACT, uma organização para lidar com a significativa sub-representação de mulheres e negros no mundo da tecnologia.

Sylvie Veilleux

Posição: CIO

Companhia: Dropbox

No início de sua carreira, Sylvie Veilleux começou a ensinar programação orientada a objetos para moradores de uma parte remota da Indonésia. Foi uma lição valiosa de que o trabalho pode levá-lo a qualquer lugar – e ser feito de qualquer lugar – que ela levou consigo para a empresa de armazenamento e colaboração em nuvem Dropbox. A companhia, que registrou receita de US$ 1,9 bilhão em seu ano fiscal de 2020 e tem mais de 700 milhões de usuários registrados, decidiu que o trabalho remoto será seu modo padrão daqui para frente. A equipe da executiva agora está procurando ferramentas robustas para apoiar essa mudança significativa.

Kim Anstett

Posição: CTO Global

Companhia: Iron Mountain

Paola Arbour

Posição: CIO

Companhia: Tenet Healthcare

Amir Arooni

Posição: CIO

Companhia: Discover Financial Services

Julie Averill

Posição: CTO

Companhia: Lululemon

Suja Chandrasekaran

Posição: Chief Digital and Information Officer

Companhia: CommonSpirit Health

Amala Duggirala

Posição: Chief Technology and Operations Officer

Companhia: Regions Bank

Paul Gaffney

Posição: Chief Technology and Supply Chain Officer

Companhia: Kohl’s

Curt Garner

Posição: CTO

Companhia: Chipotle Mexican Grill

Angelic Gibson

Posição: CIO

Companhia: AvidXchange

Ganesh Iyer

Posição: CIO global e diretor da operação EUA

Companhia: NIO

Eric Johnson

Posição: CIO

Companhia: SurveyMonkey

Greg Keeley

Posição: CIO

Companhia: TD Bank Group

Swamy Kocherlakota

Posição: CIO

Companhia: S&P Global

Mojgan Lefebvre

Posição: Chief Technology and Operations Officer

Companhia: Travelers

George Llado

Posição: CIO

Companhia: Alexion

Eileen Mahoney

Posição: CIO

Companhia: PVH Corp

Justin Mennen

Posição: CIO

Companhia: Rite Aid

Shamim Mohammad

Posição: CIO e CTO

Companhia: CarMax

Sathish Muthukrishnan

Posição: CIO e Chief Data Officer

Companhia: Ally Financial

Chris Nardecchia

Posição: Vice-Presidente de TI & CIO

Companhia: Rockwell Automation

Ashish Parmar

Posição: CIO

Companhia: Tapestry

Meerah Rajavel

Posição: CIO

Companhia: Citrix

Prasad Ramakrishnan

Posição: CIO e Chief Information Security Officer

Companhia: Freshworks

Sheri Rhodes

Posição: CIO

Companhia: Workday

James Richards

Posição: CTO

Companhia: Udacity

Rick Rioboli

Posição: CIO

Companhia: Comcast Cable

Elliott Rodgers

Posição: CIO

Companhia: Ulta Beauty

Gareth Ross

Posição: Head de Tecnologia Empresarial e Experiência do Cliente

Companhia: MassMutual

Neal Sample

Posição: CIO

Companhia: Northwestern Mutual

Nikolaj Sjoqvist

Posição: Chief Digital Officer

Companhia: Waste Management

Cathy Southwick

Posição: CIO

Companhia: Pure Storage

Pawan Uppuluri

Posição: CTO

Companhia: Glossier

Milind Wagle

Posição: CIO

Companhia: Equinix

Michael Wisler

Posição: CIO

Companhia: M&T Bank

May Yap

Posição: CIO

Companhia: Jabil

Angela Yochem

Posição: Chief Transformation and Digital Officer

Companhia: Novant Health

Fonte: Forbes

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui