A pandemia causada pela Covid-19, limitou a execução de atividades cotidianas e, de repente, profissionais das mais diversas áreas tiveram que se adaptar ao novo normal. Neste cenário inédito, a área de Recursos Humanos foi impulsionada a se renovar e automatizar algumas demandas da área, como o processo de contratação de um funcionário.

Com isto, startups especializadas em recursos humanos passaram a oferecer serviços e tecnologias capazes de atender às carências que o setor encontrou ao longo deste processo. À exemplo, a JobConvo (www.jobconvo.com/pt-br) – startup de recrutamento, seleção e admissão digital por meio de inteligência artificial – foi a pioneira a criar, em sua plataforma, e oferecer ao mercado o “Módulo Admissão”, processo que auxilia o RH durante o processo de contratação do candidato.

A funcionalidade permite que o Recursos Humanos organize em tarefas todos os documentos exigidos pela vaga como: formulário de políticas, formulários de dependentes e benefícios, entre outros. Desta forma, fica mais simples e transparente tanto para o candidato, quanto para a empresa o processo contratual. “Ao digitalizar a etapa de ingresso do funcionário, conseguimos eliminar totalmente o uso de papel, além de dar mais dinamicidade a etapa de contratação”, explica Ronaldo Bahia, CEO e fundador da JobConvo. “No processo tradicional, os documentos admissionais são enviados por e-mail, o candidato imprime, assina e entrega pessoalmente ao RH da empresa, o que deixa o processo lento”, finaliza.

Com a ajuda de inteligência artificial, o RH consegue garantir a veracidade das informações exigidas e documentos necessários, automaticamente realizando a qualificação cadastral do candidato, inclusive junto ao eSocial. “Este processo, que antes demandava tempo, torna-se mais ágil e tem uma redução de, aproximadamente, 40% do tempo do profissional da área, que pode focar na tomada de decisões estratégicas”, comenta Ronaldo Bahia.

Inserida em um mercado amplo e competitivo, a JobConvo dobrou sua receita em 2019 e prevê continuar crescendo em 2020. “Devido à pandemia mundial, causada pela Covid-19, enxergamos algumas oportunidades no setor os processos de recrutamento, seleção e admissão digitais serão a realidade daqui para frente”, comenta Ronaldo Bahia, CEO e fundador da JobConvo. A empresa atingiu o break-even – ponto de equilíbrio em que não há perda, nem lucro ou prejuízo – em 2016 e atualmente possui clientes em 7 países, entre elas: Adecco, Deloitte, HCOR, Petz, MRV.

Sobre a JobConvo

Fundada em 2013 por Ronaldo Bahia, a JobConvo (www.jobconvo.com/pt-br) nasceu com a missão de facilitar e otimizar o tempo do profissional de RH, otimizando 40% do tempo e dos custos, e democratizar os processos de seleção e admissão dos candidatos. Desde a sua fundação a empresa participou do programa de aceleração de startups StartupChile e atingiu o break-even em 2016. A empresa atende empresas de grande porte como Adecco, Deloitte, HCOR, Petz, MVR.

Fonte: Segs

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui