Com liberação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para a venda de telhas de concreto com placas geradoras de energia solar, a Eternit projeta comercialização do material apenas no segundo trimestre do ano que vem.

As placas fotovoltaicas da empresa são inseridas na parte de cima das telhas. Elas medem 36,5 cm por 47,5 cm e cada placa é capaz de produzir 1,15 Quilowatts hora por mês. A economia gerada com a energia solar pode chegar a 20%, gerando um retorno do investimento em, no mínimo, 3 anos.

A Eternit indica que para casa pequenas serão necessárias 150 telhas solares, e nas maiores, por outro lado, esse número pode chegar a 600.

O material está em fase de produção na fábrica da Tégula Solar, integrante do grupo Eternit, em Atibaia (SP). Por ora, apenas clientes selecionados estão recebendo os protótipos do produto, segundo a revista Exame.

Fonte: Isto É Dinheiro

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui