Encontro reúne comunidade e especialistas para falar sobre poesia produzida no Amazonas

Pouco conhecida pelo público, mas premiada Brasil afora, a poesia amazonense pode ser um instrumento importante para a formação de leitores. Nas mãos de professores hábeis, obras de autores como Thiago de Mello e Astrid Cabral têm o potencial de inspirar os estudantes em sala de aula a desenvolverem um novo olhar sobre a vida e a cultura amazônicas.

É com o objetivo de ajudar os futuros docentes a utilizar essa poesia no espaço de ensino que a UNINORTE – Centro Universitário do Norte promove, no dia 29 de março, a “Semana da Poesia: Estação dos Versos”. O evento terá a presença do escritor, dramaturgo e membro da Academia Amazonense de Letras, Zemaria Pinto, e será mediado pelos docentes da UNINORTE Raimundo Nonato dos Santos e Alexandre da Silva Santos.

A coordenadora dos cursos de Licenciatura da UNINORTE, Lúcia Oliveira, explica que evento vai abordar a poesia como instrumento didático-pedagógico facilitador da imaginação, curiosidade e criatividade do indivíduo. “Vamos conscientizar o futuro profissional para que ele conduza seus alunos aos livros, aos autores e ao mundo da literatura. Isso permitirá compreender que a poesia é uma ferramenta de ensino que amplia a forma de comunicar, de expressar e de conhecer os gêneros literários”, conta a coordenadora.

Entre os temas abordados, estão a poesia contemporânea no Amazonas, o Clube da Madrugada e os grupos de poetas que publicam hoje em Manaus, além da inserção da poesia na sala de aula. O evento acontece a partir das 19h de forma on-line. Para participar, basta se inscrever no link http://bit.ly/PoesiaUNN.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui