A fortuna da família mais que dobrou, fruto de um movimento agressivo de expansão do Hapvida no mercado

A versão norte-americana da revista Forbes divulgou nesta terça-feira, 6, a lista dos homens mais ricos do mundo. Figuram na cabeça do ranking os bilionários Elon Musk (Tesla) e Jeff Bezos (Amazon). Mas há novidades, inclusive a entrada dos cearenses donos da empresa Hapvida.

Na lista estão Cândido Pinheiro Koren de Lima, fundador da companhia e seus filhos Jorge Pinheiro e Cândido Júnior. A fortuna estimada é de US$ 3,7 bilhões.

A fortuna da família mais que dobrou, fruto de um movimento agressivo de expansão do Hapvida no mercado. Aquisições de hospitais, busca por novos mercados no País e a combinação de negócios com o Grupo Notre Dame Intermédica são algumas das ações tomadas pela companhia cearense. Esta última irá criar uma megaempresa com valor de mercado estimada entre R$  100 bilhões e R$ 120 bilhões.

Homem mais rico do País
Pelo ranking, o homem mais rico do Brasil é Jorge Paulo Lemann, com US$ 16,9 bilhões e o 114º lugar na lista global. Ele ultrapassou o falecido ex-banqueiro Joseph Safra, que teve seu patrimônio desmembrado entre herdeiros no ano passado.

Na sequência, entre os brasileiros, está o outro sócio de Lemann na AB Inbev, Marcel Herrmann Telles, com uma fortuna estimada em US$ 11,5 bilhões e o 191o lugar no ranking. O top 3 fica completo com Jorge Moll Filho e família, da rede D’Or, donos de um patrimônio líquido de US$ 11,3 bilhões e a 194ª posição na lista global.

Os mais ricos do mundo
De acordo com a Forbes, Jeff Bezos é a pessoa mais rica do mundo pelo quarto ano consecutivo, com uma fortuna estimada em US$ 177 bilhões, US$ 64 bilhões a mais do que no ano passado – resultado do aumento das ações da Amazon.

Elon Musk disparou para o segundo lugar com uma fortuna de US$ 151 bilhões, US$ 126,4 bilhões a mais do que um ano atrás, quando ficou em 31º lugar e tinha “apenas” US$ 24,6 bilhões. O principal motivo para essa performance foi o aumento de 705% nas ações da Tesla.

O magnata francês do luxo, Bernard Arnault, manteve o terceiro lugar, mas sua fortuna quase dobrou: foi de US$ 76 bilhões para US$ 150 bilhões graças ao aumento de 86% nas ações da LVMH, conglomerado que inclui marcas como Louis Vuitton, Christian Dior e a varejista de cosméticos Sephora. As fortunas dos dez mais ricos somadas é de US$ 1,15 trilhão, quase o dobro dos US$ 686 bilhões do ano passado. Ao todo, os bilionários da Europa estão US$ 1 trilhão mais ricos do que há um ano.

Foto: Cândido Pinheiro, fundador do Hapvida. Imagem recortada da Forbes Brasil.

Fonte: Focus.jor

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui