De acordo com a Associação Brasileira do Sono, cerca de 75% da população tem dificuldades para dormir. Os motivos são diversos e contribuíram na construção de um mercado de colchões que, anualmente, movimenta R$10 bilhões no país. Foi dentro deste cenário superaquecido que a I wanna sleep, Retail Tech, focada em sono e relaxamento, nasceu.

Fundada em 2014, a empresa tem como propósito ajudar as pessoas a dormirem melhor. Para tanto, oferece produtos e serviços variados direcionados ao sono e ao relaxamento que vão desde colchões e travesseiros, até chás, pantufas, aromatizantes, sleepwear e acessórios. Desde 2017 atuando no mercado de franquias, a rede I wanna sleep contabiliza mais de 10 mil colchões vendidos e conta hoje com 12 unidades em Minas Gerais, São Paulo e Mato Grosso do Sul (em implantação)

TECNOLOGIA A SERVIÇO DO SONO

Foi a possibilidade de trazer inovações para o mercado de colchões que fez Rafael Moura, fundador e CEO da I wanna sleep, dar o primeiro passo no empreendimento. “Eu era engenheiro agrônomo e estava buscando empreender. Um amigo, junto com meus irmãos, deu a ideia de abrir uma loja de colchões. No início, não me animei, pois lembrei das lojas tradicionais, todas brancas, com um atendente de jaleco se passando por um profissional de saúde. Depois, refleti que se não despertava meu interesse, também não despertava o dos consumidores. Essa foi a chave para descobrir uma oportunidade de mercado. Optei por seguir um caminho com o propósito de desenvolver uma marca verdadeiramente preocupada em ajudar as pessoas a dormirem melhor”, completa.

A estrutura física das lojas I wanna sleep se divide em cinco momentos: dormir, relax, divertir, baby e saúde. Além disso, todas as unidades oferecem a Análise de Persona Noturna, um breve diagnóstico que, a partir de recursos tecnológicos, traça o perfil de sono de cada cliente. “Há os que dormem como pedra, os alérgicos, os calorentos, os estressados ou com insônia”, explica Moura.

Algumas lojas também estão equipadas com o Space (serviços de massagem, reiki e quiropraxia) e com o Body Scan IWS, uma manta com 1,6 mil sensores que escaneia o corpo do cliente e, com base nas informações levantadas, indica qual o colchão ideal para cada consumidor. “Todos estes recursos permitem que a gente possa indicar os produtos mais adequados para cada cliente. O nosso objetivo é ajudar as pessoas a dormirem melhor e a I wanna sleep vem justamente para reinventar esse mercado arcaico de colchões”, finaliza Moura.

Além disso, a marca também oferece o Sleeptest, que dá ao cliente a possibilidade de testar o colchão em sua casa por até 100 dias. Caso não esteja satisfeito, a troca é efetuada, isso reforça a missão da I wanna sleep de proporcionar um bom sono, conforto e bem-estar para seus clientes.

(Com informações Segs)

Fonte: Portal Móveis de Valor

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui