Profissionais que se candidatam a uma vaga de emprego e que possuem muitas qualificações podem enfrentar dificuldades para conseguir uma colocação no mercado de trabalho, segundo especialistas.

A engenheira civil Ana Paula Clark, que está desempregada, enfrentou uma situação que jamais esperava, em Curitiba. Ela conta que passou anos investindo na carreira fazendo cursos e pós-graduação, mas, na última entrevista de emprego, foi dispensada justamente por conta da “super qualificação”.

“Ele deixou claro pra mim que o meu currículo era muito qualificado para a vaga que estava sendo ofertada no momento”, contou a engenheira.

De acordo com o recrutador Diego Godoy, esse tipo de profissional pode ser visto com algum tipo de desconfiança. Se tem muita experiência, por exemplo, pode trazer vícios do antigo trabalho e a adaptação pode ser mais demorada.

Ou então, se o candidato ainda é jovem, pode ir embora assim que aparecer uma nova proposta. “Todo empreendedor e todo executivo tem esse medo de contratar a pessoa e perder ela depois de um tempo”, argumentou Godoy.

Com isso, em tempos de crise, muitos candidatos estão omitindo as qualificações dos currículos na tentativa de conquistar uma vaga, mesmo que não seja a mais desejada.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui