Nesta sexta-feira (23), às 19h, o Centro de Ensino Literatus promove uma live no Instagram com o administrador, gestor de recursos humanos e docente da instituição, Jean Santana, que irá falar sobre “Novas Profissões, Desafios, Superação e Empregabilidade”. A ação acontecerá no Instagram do Literatus @grupoliteratus e faz parte das comemorações do Dia Internacional do Jovem Trabalhador (24).

“É uma oportunidade para os jovens conhecerem a importância da formação continuada na carreira profissional, que é uma ponte para os conectar com as demandas do mercado de trabalho e desenvolver competências e habilidades essenciais para garantir empregabilidade”, destacou a mantenedora do Centro de Ensino Literatus, Elaine Saldanha.

Além dos cursos técnicos, que podem ser realizados ainda enquanto o jovem cursa o ensino médio, o Literatus também oferta o programa Melhor Aprendiz, que ajuda jovens a conquistarem a primeira experiência no mercado e a dar os primeiros passos na carreira.

O programa Melhor Aprendiz é regulamentado pela Lei 10.097/2000 e pelo Decreto Federal nº 5.598/2005, que determina que empresas de médio e grande porte contratem pessoas de 14 a 24 anos dentro deste modelo. A legislação também estabelece uma obrigatoriedade de contratação de cotas entre 5% e 15% do quadro de funcionários, além da formalização pelo regime da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) para todos os contratados.

Quem participa do programa tem direito ao registro em carteira de trabalho, 13º salário, fundo de garantia, INSS, vale-transporte, férias e jornada de trabalho de 4 ou 6 horas. Após o período de duração do contrato de trabalho do aprendiz, é possível às empresas firmar um elo com os jovens e contratá-los para fazer parte do quadro de colaboradores.

“Fiquei como aprendiz por um ano e meio e, durante esse período, busquei me capacitar e aplicar o que aprendia na sala de aula no dia a dia na empresa, com isso fui me destacando e mostrando meu potencial”, comenta a jovem Laissa Fernanda, de 21 anos, que há quase dois meses foi contratada para o cargo de auxiliar administrativo operacional no Porto Chibatão.

Laissa afirma que está animada em atuar em logística e que a intenção é se especializar nesse segmento, que tem feito a diferença durante a pandemia, por ser responsável principalmente pela distribuição de alimentos, equipamentos hospitalares, medicamentos, bens de consumo duráveis e não duráveis e tudo mais de que a população tem necessitado durante esse período de isolamento e distanciamento social.

_________________________________

Três Comunicação e Marketing
Redes sociais:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui