Com a crise mundial do Covid-19 muitos setores tiveram que repensar seus modelos de negócios e estratégias. No ecossistema de startup não poderia ser diferente. Várias empresas tiveram um crescimento significativo, a exemplo da Meu entrevistador, como mencionado no último artigo. E como citado no mesmo, hoje trouxe uma segunda startup que chamou-me a atenção não só por mostrar resiliência na pandemia, como também enxergou novas oportunidades nesse período difícil que vivemos. Trata-se da  NavegAM.

O início

A NavegAM é uma startup amazonense que vem se destacando a nível regional e nacional por oferecer a solução pra um problema muito antigo da nossa região: a compra e venda de passagens fluviais. Seus primeiros passos aconteceram em 2018 da contrapartida de Jorge Alves e Geferson Oliveira, que se tornariam sócios futuramente.

Jorge já atuava nessa época a mais de 14 anos nos portos da região, oferecendo soluções aos Armadores (que são os proprietários donos das embarcações) e aos portos da região, atuando diretamente em alguns problemas.

Geferson Oliveira, em 2015 precisou fazer um concurso no interior do estado, mas teve dificuldade para obter as informações como: custo de passagens, quais barcos iam ao destino, quais os dias e horários de saída.

Assim, em 2018, os dois fizeram o primeiro MVP tentando entender e validar o problema da compra e venda de passagens no Roadway de Manaus.

Acervo pessoal Navegam 2019

Trajetória e crescimento na pandemia

Além da venda de passagens, a startup também expandiu para de transporte de cargas, a Navegam Log, setor que se destacaria em 2020. Durante a pandemia a empresa passou por uma séria mudança de mentalidade para buscar oportunidades, já que os portos do estado estavam fechados para uso da população no período de março a junho, com embarcações saindo e chegando apenas com produtos.

Segundo Hélio Souza, sócio e CDO/CMO da startup, “A Navegam teve uma séria queda nos valores adquiridos com passagem, mas quadruplicou os valores relativos ao frete e encomendas de produtos, aumentando assim o número de empresas que trabalham com a NavegAM, o que nos ajudou a validar e consolidar nossos valores não como uma empresa de ticketagem ou logística, mas uma empresa voltada para mobilidade e especializada na Amazônia”.

De 2018 até o atual momento a Navegam passou por momentos marcantes em sua trajetória, dentre eles:

•             FlashSEBRAE 2018 (terceiro lugar entre 26 empresas iniciais do programa);

•             Creative Startup 4o Batch 2019 (uma das 12 empresas graduadas no programa);

•             FlashSEBRAE 2019, dessa vez o programa contou com  a ajuda da Darwin Startup uma das principais aceleradoras de startups do país, e que rodou parte do seu programa o “seleção natural”, e onde graduaram em 1o Lugar;

•             “Like a Boss” em Floripa, 2019, a convite do SEBRAE Nacional, dentro de um dos principais eventos de Startups que é o Startup Summit

•             2020, selecionados e para a Plataforma Parceiros pela Amazônia, onde participam de um “shark tank Amazônico”, onde receberam seu segundo investimento, o que acabou linkando a empresa com outros investidores, além da seleção para o programa de aceleração do Manaus Tech Hub.

Helio Souza apresentando Pitch No DemoDay final no Samsung Creative Startups. Divulgação. 

 Além dos destaques nos eventos de empreendedorismo e programas de aceleração, entre 2019 e 2020 conseguiram como clientes algumas das principais lojas de varejo do Amazonas.

Planos futuros

A pandemia agiu como agente catalisador para a NavegAM, pois acabou acelerando o roadmap traçado. “Aproveitamos para rever o lançamento e funcionamento do e-commerce  durante a pandemia e estaremos lançando o mesmo nos próximos meses. Em parceria com a Plataforma pela Amazônia estaremos disponibilizando um sistema de monitoramento de produtos para a região e que é a soma de três tecnologias utilizadas/desenvolvidas pela NavegAM.”, diz Hélio Souza. Além disso, “Estamos sendo estudados por alguns fundos de fora e dentro do país, o que pode render novos investimentos em um futuro bem próximo”, revela o CDO.

Equipe Navegam em validação de produto. 2019. Acervo pessoal Navegam.

Atualmente a Navegam também trabalha na consolidação e validação de alguns produtos e serviços novos. Além de Hélio Souza, tem como sócios Jorge Alves- CIO (especialista em portos e responsável pela implantação do sistema), Geferson Oliveira- CEO/CFO (responsável pela administração e finanças da Empresa) e um time de colabores com 1 gerente de projetos, 8 desenvolvedores, 1 designer, 7 funcionários de operação logística e 2 auxiliares administrativo e comercial.

Para conhecer um pouco mais a startup basta acessar o site www.navegam.com.br.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui