Há situações nas quais não conseguimos entender o que a pessoa tenta nos dizer, uma vez que o seu comportamento se apresenta dissonante das palavras. Também existem momentos em que o comportamento dispensa comentários, fala por si só. Conhecer o comportamento humano é algo complexo que demanda dedicação e alto senso de percepção.

Por sua vez, tantas os aspectos internos das pessoas, decorrentes da carga emocional, quanto o ambiente onde elas estão inseridas, fornecem subsídios para que possamos identificar os caminhos que elas estão dispostas a seguir.  Estar atento a todos os sinais e canais de comunicação de uma pessoa facilita o entendimento e nos permite filtrar certas condutas. Descobrir essas riquezas que provém do comportamento nos leva ao caminho da excelência no âmbito da comunicação de precisão.

Todos nós temos problemas de comportamento e tudo o que fazemos envia uma mensagem. Tendemos a fugir da responsabilidade pessoal, por isso assumimos desculpas pelas más condutas. O comportamento influencia nossos pensamentos e sentimentos e vice e versa.  Ex.: casal, em fase crítica, assume o compromisso de se comportar da maneira quando se conheceram na fase áurea e romântica. Os pensamentos e sentimentos vão aflorar.

Devemos criar oportunidades. Para tanto, precisamos fazer ESCOLHAS, bem como assumir a RESPONSABILIDADE por essas ESCOLHAS. Seja o líder de si mesmo!

Justamente com essa finalidade é que vamos destacar os sinais mais relevantes do comportamento humano, bem como do ambiente que envolve as suas relações. Antever uma reação ou resposta permite-nos redirecionar nossa postura para atingir o resultado pretendido.

O ser humano capta 10% daquilo que ouve, 51% daquilo que vê e 92% daquilo vê, ouve e se envolve. Portanto, a missão principal é descobrir o interesse do seu interlocutor, naquilo que ele quer e como quer obter. Para cumprir essa tarefa é preciso manter o entusiasmo, pois isso demanda bastante treinamento. Afinal, obter uma resposta positiva é o motivo que norteia nossas perguntas e escolhas.

O contato inicial

A primeira impressão é crucial. A pessoa forma sua opinião nos três minutos iniciais da conversa em até 80% dos casos, em que pese já nos primeiros quinze segundos capte algo consistente a respeito do seu interlocutor.

A atenção deve ser redobrada nessa fase, na qual a linguagem corporal se encarrega de transmitir até 80% da mensagem. Por telefone, tal impressão se estabelece através do argumento mais forte, acompanhado da entonação compatível com o recado que se pretende transmitir. Na internet, a qualidade de sua escrita será fundamental para causar uma imagem positiva.

Edu Santos
Edu Santos possui MBA em Gestão de Pessoas, mestrando em Gestão e Tecnologia aplicadas à Educação, palestrante, prof. de pós graduação pela Unifacs, Unijorge e Wyden nas disciplinas de Gestão Emocional nas Organizações e Motivação e Engajamento. Além disso, Edu é poeta e autor do livro "A Verdadeira Concepção do Engajamento e Motivação" (Literarebooks, 2017). Para outras informações, envie e-mail para palestrante@edusantos.pro.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui