Uma das ferramentas comportamentais mais poderosas que possuímos. Um sorriso natural e espontâneo tem o condão de desarmar qualquer pessoa, de seduzir e de criar a abertura num diálogo. Sorrir passa a impressão de que você não constitui ameaça, revela-se como um pedido de aceite.

É altamente contagiante e influencia na atitude das pessoas. Muito aconselhável nos momentos iniciais de uma negociação, para se criar empatia. Além de ter efeito relaxante, aumenta a oxigenação sanguínea, causando bem-estar.

A seguir, as formas mais relevantes de sorriso, como segue:

Sorriso sincero: normalmente é simétrico, trabalha a maior parte da musculatura da face, justamente por ser natural, espontâneo.

Sorriso falso: via de regra, deixa proeminente mais o lado esquerdo do rosto, até por ser um sorriso forçado, artificial, controlado.

Sorriso com os lábios cerrados: vincula-se a uma provável rejeição ou desagrado, omissão de um segredo ou opinião.

Sorriso torto: levemente assimétrico, possui sinal de sarcasmo e ironia.

Sorriso de lado: lábios entreabertos, ar jovial e sedutor, suave esquiva, sorriso de princesa.

Edu Santos
Edu Santos possui MBA em Gestão de Pessoas, mestrando em Gestão e Tecnologia aplicadas à Educação, palestrante, prof. de pós graduação pela Unifacs, Unijorge e Wyden nas disciplinas de Gestão Emocional nas Organizações e Motivação e Engajamento. Além disso, Edu é poeta e autor do livro "A Verdadeira Concepção do Engajamento e Motivação" (Literarebooks, 2017). Para outras informações, envie e-mail para palestrante@edusantos.pro.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui