Os primeiros passos para um planejamento eficiente

O planejamento financeiro é o ato de definir uma estratégia para a tomada de decisões importantes na sua startup, com o objetivo de manter o equilíbrio e o crescimento de seu negócio. Para isto, você deve conhecer bem suas despesas e receitas, criando estratégias que prospectem o crescimento do seu negócio.

Como sabido, o principal objetivo de qualquer negócio é ter lucro, mas para isso é preciso saber todo o dinheiro que entra e sai da empresa, neste caso da sua startup. Noções básicas de fluxo de caixa, projeção de receitas e despesas, bem como a completa separação das suas despesas pessoais das despesas do seu negócio serão a chave para o sucesso.

Toda essa organização fará uma grande diferença na hora de apresentar o seu negócio para um investidor ou mesmo para um fundo de investimentos. Comece com as informações que você já tem em mãos e para ajudar no ponta pé inicial deste planejamento financeiro, separamos alguns passos importantes. Vejamos:

·        Plano de receitas

Defina uma estratégia para alavancar as receitas da sua empresa e revise mensalmente os resultados, ajustando o que for preciso;

·        Despesas fixas

Relacione todos os custos que sua startup precisa para se manter enquanto a receita não chega. Aqui estão incluídas as despesas com infraestrutura, pessoal, e etc;

·        Despesas variáveis

Relacione quais as possíveis despesas que a sua startup poderá ter sob algumas condições. Eventuais treinamentos, viagens e despesas extras;

·        Fluxo de Caixa

Reúna em uma planilha de Excel todas as entradas e saídas, assim será mais fácil montar seu fluxo de caixa, indicando o exato momento em que os pagamentos serão realizados e as entradas efetivadas, garantindo que a empresa terá recursos; Muitas vezes a empresa tem apenas a expectativa de receita, mas não a concretiza e com isso despesas começam a ocorrer sem que haja fluxo financeiro para o pagamento das mesmas. Tome cuidado;

·        Relatórios mensais

Analise mensalmente todas as despesas e receitas  fazendo uma comparação do que foi planejado com o realizado e tome medidas para corrigir eventuais desvios; e

·        Separação de despesas

Separe sempre as finanças pessoais das finanças da empresa, pois o dinheiro não é seu.

O objetivo principal do planejamento financeiro é servir como base para que a tomada de decisão seja feita de modo responsável com o fluxo de caixa da startup.

Portanto um planejamento financeiro continuo e estruturado faz com que a startup tenha uma completa visão do seu negócio, mapeando o futuro e auxiliando na tomada de decisão, fornecendo análises de como os recursos financeiros deverão ser utilizados de maneira mais eficiente, permitindo um crescimento e evitando assim que a startup passe por problemas financeiros.

Por Ana Paula Sena

Tech Hub
O Manaus Tech Hub é um espaço que tem por objetivo promover o desenvolvimento e o crescimento de startups na Amazônia, com inovação aberta e oportunidades em novos projetos, conectando empresas do polo industrial, governo e empreendedores. Trata-se de uma iniciativa do Sidia Instituto de Ciência e Tecnologia para contribuir com o ecossistema de inovação aberta da região.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui