Entre uma lição e outra de Matemática, Karen conseguiu inserir algo importante na vida das crianças. “Eles passaram a entender que a Matemática existe fora da escola e que é necessária para a vida.”

Professora de Matemática reduz notas vermelhas com projeto de empreendedorismo  1
A professora Karen Juliana de Souza Gorri criou um projeto de empreendedorismo para seus alunos do quarto ano do ensino fundamental mergulharem no universo dos números de maneira leve e lúdica.

Professora da Escola Municipal de Educação Básica (EMEB) Jaira Batista Santana da Silva, em Cabreúva (SP), Karen conta que lançou a iniciativa ‘Pequenos Empreendedores’ quando notou uma grande defasagem nas aulas de Matemática.

O projeto foi um dos finalistas do prêmio ‘EDUCAB Profª Terezinha Togni: Boas Práticas na Educação’, que reconheceu a grande redução no índice de notas vermelhas neste ano: dos 25 alunos da turma, 12 tinham dificuldades em Matemática nos primeiros bimestres. Agora, são apenas duas crianças com notas vermelhas.

Professora reduz reprovações alunos projeto empreendedorismo

Abraçado por todas as turmas da escola, o ‘Pequenos Empreendedores’ aborda os conceitos matemáticos da forma mais cotidiana possível, sempre aplicados a situações do dia a dia.

O conteúdo abrange unidades de medida, sistema monetário, operações e até gráficos. Em cada tarefa, Karen procura mostrar para a criançada como é difícil ganhar dinheiro e o valor que cada nota tem.

Professora reduz reprovações alunos projeto empreendedorismo

Em dezembro, sua turma fará um passeio ‘Kid Zania’, área inspirada em um modelo de Cidade Educativa, onde as crianças brincam e experimentam diversas profissões. O passeio tem custo de R$ 135. “Muitas famílias não têm condições de arcar com esse valor. A maioria tem mais de um filho na escola”, explica a professora.

Para ajudar a custear o passeio das crianças, diversas ações vêm sendo realizadas desde o início do ano, aproveitando datas como a Páscoa, onde uma rifa contribuiu com os primeiros R$ 200 em caixa, a bazares, eventos e vendas de pipas. Hoje, há R$ 2 mil assegurados para a viagem, suficientes para levar a turma toda.

Professora inspira alunos a gostarem de Matemática

“Vamos pagar R$ 85 do passeio de cada criança. Com o troco, avaliaremos democraticamente qual será a melhor opção para o que sobrar: se vamos levar para arcar com o valor do lanche ou se compraremos presente para quem participou do projeto ao longo do ano”, explica.

Entre uma lição e outra de Matemática, Karen conseguiu inserir algo importante na vida das crianças. “Eles passaram a entender que a Matemática existe fora da escola e que é necessária para a vida.”

Professora reduz reprovações alunos projeto empreendedorismo

Uma de suas alunas, Vitória dos Santos Pinheiro, 10 anos, é exemplo vivo disso. Antes, tirava notas vermelhas na sala. “Agora eu mudei isso e entendi o quanto é difícil para um adulto ganhar dinheiro”, comentou. Uma outra colega, Ester Gonçalves de Souza, 10 anos, também aprovou. “Gostei demais de participar e já estou ansiosa para o passeio.”

“Estou formando futuros adultos conscientes e com a educação financeira na ponta da língua. Tenho muito orgulho deles”, concluiu a professora.

Fonte: Razões para Acreditar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui