Mais de 80 mil pessoas dos 184 municípios de Pernambuco estiveram conectadas à iniciativa

O projeto pernambucano Acelere no Enem foi eleito pela Brazil Conference – Harvard & MIT um dos 30 melhores do Brasil após avaliação e análise de mais de 1 mil iniciativas. A iniciativa começou durante a pandemia de Covid-19, com o objetivo de mitigar os impactos da doença na educação.

O Acelere ofertou, de forma gratuita, aulões digitais, monitoria, fichas de exercícios e simulados aos estudantes do Estado na preparação para o exame. Em números absolutos, segundo a equipe do projeto, mais de 80 mil pessoas dos 184 municípios de Pernambuco estiveram conectadas à iniciativa.

“Nosso objetivo, desde o início, sempre foi ajudar os jovens pernambucanos. As notícias que chegavam não eram animadoras. Os relatos dos estudantes, que iam perdendo a esperança em acessar o ensino superior, eram de partir o coração. Impossível ficar indiferente a esta realidade”, pontua Rhayann Vasconcelos, idealizador do Acelere no Enem.

A iniciativa contou com a participação de diversos atores: os principais professores da rede privada do estado, gestores educacionais, empresas parceiras e os estudantes.

“Ninguém faz nada sozinho. Acredito que quando juntamos boas pessoas e boas ideias, temos a grande chance de fazer muita coisa boa para muita gente. Assim é o Acelere no ENEM. Unimos muita gente em prol de um objetivo em comum, que era levar educação, esperança e oportunidade aos estudantes do nosso estado”, finalizou Rhayann.

Idealizador do projeto, Rhayann VasconcelosIdealizador do projeto, Rhayann Vasconcelos (Foto: Divulgação)

Conference

A Brazil Conference deve acontecer em abril, em Boston, nos Estados Unidos, é um evento que reúne lideranças nacionais e internacionais com o objetivo de debater e apontar soluções para os problemas brasileiros.

Na edição 2020, a Conferência contou com a participação de nomes como o apresentador Luciano Huck, a deputada Tabata Amaral, o Nobel de Economia Michael Kremer, a empresária Luiza Trajano e o empresário Jorge Paulo Lemann.

Fonte: Folha de Pernambuco

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui