Quando se fala em boa comida, pode-se pensar no trabalho de chefs e na alta gastronomia. Mas não necessariamente. Um bom prato também pode ser feito sem tanta sofisticação, mas com pitadas generosas de amor e carinho – as avós, por exemplo, com suas receitas simples, mas deliciosas.

Pensando em oferecer uma boa experiência gastronômica e, ao mesmo tempo, fazer seus clientes se sentirem no aconchego da casa das avós, um restaurante americano está contratando senhorinhas de todo o mundo para a sua cozinha: a Enoteca Maria, de Nova York.

Algumas das avós da Enoteca Maria (Foto: Divulgação)

O restaurante foi construído como uma cantina italiana. Seu fundador, Jody Scaravella, diz que a inspiração para a contratação das vovós aconteceu quando perdeu a sua nonna, além da mãe e de uma irmã. Segundo ele, não foi uma decisão que visava o lucro. “Acho que eu estava, inconscientemente, tentando remendar os buracos da minha vida. E ver avós na cozinha me trazia conforto”, afirmou Scaravella à “BBC”.

A princípio, o “alvo” do empresário eram avós italianas interessadas em uma renda extra. Posteriormente, Scaravella aceitou avós de outros países. Atualmente, Scaravella tem funcionárias de nações Nigéria, Turquia, Equador, Síria, Polônia, Venezuela e França, dentre outras. Há ainda uma brasileira na equipe: a mineira Lucia Amaral Dutra.

Lucia Amaral Dutra, a avó brasileira do Enoteca Maria (Foto: Divulgação)

Todos os dias, uma das avós vira a “comandante” da cozinha e faz receitas inspiradas em seu país.

Recentemente, Jody Scaravella até lançou um livro de receitas com os 10 pratos favoritos de suas adoradas ‘chefs-vovós’. Confira mais detalhe dessa história no vídeo abaixo:

Fonte: PEGN

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui