Startup lança livros em que o filho do consumidor é o principal personagem

Já pensou em comprar um livro de história infantil e seu filho ser o personagem principal? Essa foi a ideia que os empresários André Campelo, Diego Moraes e Flávio Aguiar tiveram. Eles criaram uma startup em 2016 e já venderam 350 mil livros.

“Tem um estudo de mestrado que a gente se inspira muito nele, que fala que quando a pessoa se identifica com o livro ela aprende três vezes mais”, diz Diego Moraes.

A startup possui uma equipe para desenvolver o conteúdo e as ilustrações. São 60 títulos com enredo próprio ou licenciado. As histórias são as mesmas, o que muda é o personagem criado pela criança. O primeiro livro lançado foi o da Turma da Mônica. Todos são para crianças de até 8 anos.

“Temos ilustradores, roteiristas e pedagogos que nos apoiam nas iniciativas. A gente vai pensar sempre, incluindo o universo de personagens famosos, o que podemos impactar com aquele conteúdo”, diz André Campelo.

Os empresários investiram R$ 400 mil para montar a startup. A versão digital sai de graça e a impressa por R$ 69. “A gente opera com mais de uma gráfica, então quando você gerou a versão no digital, em pouco mais de 48 horas sai para transporte em todo o Brasil”, explica.

Agora eles lançaram o formato de assinatura. A criança recebe um livro por mês com seu personagem dentro da história. “A gente quer criar o impacto na primeira fase do aprendizado dela”, afirma Diego.

Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui