77979722-87e3-430f-b0a1-29933dfa2782

Como o brasileiro desempregado está superando a crise através da internet e quais são as tendências de empreendedorismo digital em 2021? Saiba tudo aqui

Segunda uma pesquisa do SEBRAE, quando comparado aos países que fazem parte do BRICS, o Brasil é o país com a maior taxa de empreendedorismo, estando na frente até mesmo da China.

O Brasil é um dos países que mais abre novos negócios no planeta, durante o desemprego causado pela crise do coronavirus, a taxa de empreendedorismo aumentou ainda mais, a diferença é que agora os empreendedores estão executando suas atividades através da internet.

No final do ano de 2020, o número de novos empreendimentos atingiu o maior patamar desde os anos 2000 de acordo com uma pesquisa da GEM (Global Entrepreneurship Monitor).

Segundo um estudo de maio de 2020, aproximadamente 53 milhões de brasileiros já desempenham ou pretendem exercer atividades empreendedoras.

Apenas para ter uma noção, o termo “ganhar dinheiro na internet” é buscado mais de 33 mil vezes por mês no Google, acompanhado de “ganhar dinheiro em casa” e outras variações. Somando todas as pesquisas na internet com termos ligados ao empreendedorismo digital, apenas no Brasil são mais de 500 mil buscas mensais.

O que é o empreendedorismo digital?

O empreendedorismo digital está ligado a um ou mais modelos de negócios onde os processos e transações com o consumidor são efetuados através da internet.

Uma das grandes vantagens do empreendedorismo digital é a possibilidade de escalar o negócio a nível nacional e/ou mundial sem necessitar de um endereço físico.

Assim sendo, um empreendedor digital não necessariamente precisa ter um estoque ou vender um produto, para entender melhor, confira abaixo quais são as opções mais buscadas para empreender na internet.

Tendências de empreendedorismo digital em 2021

Confira abaixo as formas mais buscadas para empreender na internet em 2021.

1. Dropshipping

O dropshipping consiste em vender produtos de outras lojas, geralmente chinesas, para os consumidores.

Neste tipo de venda, todo o processo de compra e entrega é realizada pela loja, desta forma, o empreendedor recebe uma comissão por venda ou por receita gerada para o fornecedor.

Outro ponto que torna o dropshipping atrativo é a facilidade em empreender neste segmento, demandando um investimento baixo e um faturamento milionário com menos de um ano.

2. Cupons digitais

É possível ganhar dinheiro através de publicação de promoções e até de cupom de desconto de lojas famosas em redes sociais, blogs e fóruns de dicas de compras, etc. Além de ajudar a pessoa a economizarem nas compras online, você ganha comissões de um percentual da compra pelos produtos vendidos pelo seu link de afiliado.

3. Roupas e acessórios

Por ser um mercado que vende o ano todo, muitas pessoas optam por montar uma loja virtual para vender roupas e acessórios.

Hoje, é muito comum ver lojas apenas de acessórios, como correntes masculinas, relógios, pulseiras femininas, calçados, anéis e alianças, etc.

De modo geral, quanto mais nichada e específica, mais fácil e barato é para executar o marketing deste tipo de negócio sem investir muito.

4. Marketing de afiliado

Você já deve ter visto alguma publicação ou anúncio em suas redes sociais a respeito da venda de cursos online com certificado. Existe uma grande chance de este anúncio fazer parte do marketing de afiliado.

O marketing de afiliados consiste em vender produtos e/ou infoprodutos de terceiros em troca de comissões.

A grande vantagem do marketing de afiliados é que as plataformas deste mercado disponibilizam tanto a página de divulgação quanto a automatização do pagamento, entrega e comissão.

5. Agência digital

As agências de marketing 100% digitais já são realidade no Brasil, oferecendo serviços como o marketing para redes sociais, criação de sites e lojas virtuais, gerenciamento de anúncios digitais, etc.

As agências 100% digitais realizam todo o trabalho a distância, não necessitando encontrar presencialmente com o cliente, ou seja, tanto o primeiro contato quanto os contatos de acompanhamento e entrega de relatórios são realizados através de reuniões online em vídeo ou voz.

6. Freelancer digital

Mesmo não sendo escalável, o trabalho de freelancer digital é um ótimo meio para ganhar dinheiro na internet, afinal, não é necessário nenhum investimento além do tempo dedicado na execução dos projetos.

7. Youtube

Criar um canal no Youtube e criar conteúdos diários ou semanais parece ser algo clichê, porém, segundo uma pesquisa realizada com 387 Youtubers brasileiros, a cada 140.000 visualizações o produtor de conteúdo ganha aproximadamente R$2.400,00.

Segundo o próprio Youtube, apenas no Brasil existem mais de 1.800 canais com mais de 1 milhão de inscritos.

Conclusão

Esperamos que você tenha gostado deste artigo sobre as tendências de empreendedorismo digital em 2021.

Não deixe de compartilhar este conteúdo com seus amigos em suas redes sociais

Fonte: Brasil 247

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui