A comunicação é essencial ao bom relacionamento e a produtividade no ambiente de trabalho. Em tempos de milhares de distrações, desde mensagens no celular, notificações de vídeos ou se render à tentação de se perder em meio às inúmeras redes sociais, manter canais de contato, pessoal ou digital, é uma atitude fundamental para se manter no emprego.

“Não importa qual método você use, você precisará desenvolver um método para conversar com seus colegas de trabalho ou funcionários”, diz ao site Fast Company a especialista em carreiras, Jill Jacinto

A coach de carreiras, Hallie Crawford, vai além e afirma que o constante exercício da comunicação é um dos diferenciais para o crescimento dentro do trabalho e que “o quão bem você se comunica afeta a eficiência, a eficácia, a confiança entre os funcionários, sua marca e como você se apresenta como profissional, e muito mais.”

Confira abaixo sete dicas para aperfeiçoar a comunicação que todos os trabalhadores, independente da função ou cargo, devem estar atentos:

1 – MOSTRE RESPEITO

“Ser respeitoso com o espaço e o tempo de outras pessoas é importante – especialmente se você precisar falar sobre um assunto delicado”, diz Crawford. E enquanto não podemos pensar em mostrar respeito como uma habilidade de comunicação, é porque o respeito se resume em como falamos e ouvimos as pessoas. “Evite falar coisas negativas com alguém, isso não fomenta um ambiente positivo no trabalho. Respeite os sentimentos, pontos fortes e perspectivas da outra pessoa ”, diz ela.

2 – TENHA ESCUTA ATIVA

“A escuta ativa é uma parte essencial de qualquer trabalho”, diz Jacinto. Ser um mau ouvinte – como alguém que interrompe ou não faz contato visual quando outra pessoa fala com você – pode comprometer sua posição no trabalho. Se você não ouvir bem, “você pode não entender o objetivo completo de um projeto ou a ferramenta que você acabou de treinar”, afirma ela.

3 – EXIBA LINGUAGEM CORPORAL POSITIVA

Você pode não perceber, mas “sua linguagem corporal comunica mais do que palavras”, diz Crawford. Então ela encoraja você a estar ciente da energia total que você emite com ações e movimentos. Pergunte: “Seus braços estão cruzados ou você evita o contato visual?”, questiona. Se fizer isso, tente corrigir esses comportamentos.

4 – ESTEJA DISPOSTO A FAZER PERGUNTAS

Quando você é um novo funcionário de uma empresa – ou se é um recém-formado – você pode ter medo de fazer perguntas aos colegas de trabalho ou aos gerentes. Mas a capacidade e vontade de fazer perguntas é uma habilidade crucial de comunicação. Fazer perguntas “ajuda a esclarecer as coisas no trabalho, quer você esteja falando sobre um projeto ou um problema com um colega de trabalho”, diz Crawford. Se você é um líder no ambiente de trabalho, isso também se aplica a você : “Em vez de dar orientação, tente fazer perguntas para guiar alguém até a conclusão correta”, diz ela.

5 – COMPREENDA A ETIQUETA DO EMAIL

Em 2019, a maior parte da comunicação que fazemos é via e-mail ou outra plataforma online. “Há sempre aquela pessoa que é muito detalhada e manda um romance de volta para você”, diz Jacinto, que acrescenta: “não seja essa pessoa. Saiba como dividir um e-mail, adicionar pontos e ser conciso.” Jacinto recomenda perguntar a si mesmo: “O destinatário precisa de todas essas informações?” antes enviar, ou ainda: “Seria melhor conversar por telefone?”.

6 – PERMANEÇA COM A MENTE ABERTA

Manter a mente aberta é uma habilidade de comunicação muito importante – especialmente para os funcionários iniciantes, diz Crawford. “Se um funcionário é um iniciante ou novo no cargo, é importante que ele se conecte com seus colegas de trabalho e entenda a cultura corporativa da organização”, explica. Como você faz isso? “Esteja aberto a novas formas de fazer as coisas e não se feche se os novos membros da sua equipe tiverem um processo ou metodologia diferente para completar uma tarefa do que você está acostumado”, instrui Crawford.

7 – TENHA VONTADE DE DAR FEEDBACK

Essa habilidade de comunicação “é importante para os funcionários de nível sênior ajudarem seus funcionários e negócios a crescer”, diz Crawford. “Isso nem sempre significa corrigir erros – pode ser elogiar alguém por um trabalho bem feito.” Mas e quando você precisa chamar o erro de alguém? “Se você precisa corrigir erros, certifique-se de elogiar um funcionário primeiro”, diz Crawford. “Isso torna mais fácil aceitar qualquer feedback negativo.”

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui